Gosto muito de canas de bambu, as verdadeiras, verdes ou secas, e as desenhadas, quase todas.

A tangine veio de Guellala, na ilha de Djerba, na Tunísia. Comprei-na numa «loja» escura com chão de terra, que era também oficina, com peças de barro do chão até ao tecto, depois de regatear um bocado com o vendedor usando o meu péssimo francês.

2 Responses so far.

  1. que linda esta vela de bambu :)

  2. Cláudia says:

    Aiii, é tão liiiiiiinda!!